Dica de passeio em Joinville: Vila da Glória

Se você está na cidade ou pretende visitar, nossa dica de passeio em Joinville é a Vila da Glória. É fácil de ir, fica perto e, apesar de simples, o lugar oferece uma série de atrações. Prefira um dia de sol, use protetor solar, coloque uma roupa leve e se jogue.

Principalmente, se você estiver com crianças, entender a história da Vila da Glória é bastante interessante. O André Backmeyer é um antigo morador que nasceu num casarão que pode ser visitado.

Ele mora com a mãe, dona Ana e, juntos, podem relatar como foi que a família veio da Alemanha e tornou-se uma das pioneiras a ali estabelecer moradia. Chegaram de canoa a vela, tiveram que fazer “picadas” no mato até que se depararam com uma cachoeirinha.

​Onde fica a Vila da Glória?

Apesar de estar à 30 quilômetros do Centro de Joinville, a Vila da Glória pode ser acessada de balsa. E isso deixa o passeio mais bonito. O pequeno vilarejo fica em São Francisco do Sul, entre as montanhas do distrito do Saí.

Para pegar o ferryboat, que liga a Vila da Glória à praia do Vigorelli, esta em Joinville (na região do aeroporto Lauro Carneiro de Loyola), você vai gastar R$ 18,90 se estiver de carro de passeio. A travessia demora cerca de 10 minutos, pouco tempo se levado em conta o visual e o vento gostoso.

Se você não quiser pegar balsa, pode ir de carro pela estrada. Basta seguir até Itapoá pela BR 101, sentido Joinville/Curitiba e de lá acessar a Vila.

O que fazer no passeio de um dia à Vila da Glória

As riquezas naturais não são as únicas a atrair o olhar atento dos turistas. Um almoço à beira-mar na chamada Via Gastronômica da Vila da Glória e um banho de cachoeira numa das piscinas naturais também são boas opções. Há muitos restaurantes com cardápios variados de peixes e frutos do mar. À tarde, um passeio de barco na baía da Babitonga pode garantir boas fotos de paisagens pitorescas.

Confira os principais passeios

Igrejinha

A Igreja de Nossa Senhora da Glória, que foi construída em 1855 é uma homenagem à santa que “batizou” a Vila. A construção está entre os mais antigos monumentos históricos de São Chico.

Fica bem pertinho do trapiche de 300 metros de extensão, onde atracam os barcos que chegam pela água vindos da Ilha de São Francisco do Sul. O monumento “A Árvore da Vida” complementa as atrações do chamado Centrinho.

Cachoeiras

A Vila abriga várias cachoeiras escondidas no meio do verde. Há placas que indicam o caminho que tem uma parte asfaltada e outra de chão de terra. Trata-se de uma reserva onde, possivelmente, seu celular não vai incomodar.

A principal cachoeira é a do Casarão. Para chegar à queda da água custa R$ 10, mas vale a pena. É preciso seguir uma trilha de cerca de 300 metros, entre pedras e vegetação. Mas a visão da cachoeira de 18 metros de altura é muito linda e as 3 piscinas naturais com água cristalina atrai quem adora água.

Comer e descansar

Como já dissemos, a culinária local merece uma atenção especial. Há restaurantes e petiscarias por preços bastante variados. Os rodízios agradam aos mais diversos paladares.

Praia

Se você prefere as águas claras e areia branquinha, pare também na praia Bonita, um bom lugar pra toda família. Dali podem ser vistos os barcos de pescadores e, mais ao longe, o Porto de Itapoá.

 

Se você se animou a conhecer ou rever a Vila da Glória, não deixe para amanhã esta conexão com a natureza. Faça agora mesmo sua reserva no Hotel Bavarium, em Joinville, e boa viagem!