Veja o que fazer em julho, na Cidade da Dança

O Festival de Dança de Joinville, o maior do mundo segundo o Guinness Book, chega à sua 37ª edição. O evento vai do dia 16 a 27 de julho. Se você é uma das mais de 230 mil pessoas que vão comparecer, fique atento às nossas dicas. Vamos mostrar agora tudo o que você pode fazer em julho, na Cidade da Dança.

Joinville não apresenta uma vocação exclusivamente turística. Trata-se de uma cidade industrial que abriga diversas empresas de todos os segmentos. Além de respirar dança nesta época do ano, há muitos passeios e programas para o turista aproveitar na maior cidade do Estado de Santa Catarina.

Festival de Dança é apenas umas das atrações

Com o objetivo de demonstrar a pluralidade da dança e promover a troca de conhecimento, talento e experiências, o Festival de Dança de Joinville já se consagrou como destino tradicional para quem dança ou simplesmente ama esta arte.

Além da concorrida Mostra Competitiva, há uma vasta programação que inclui apresentações em Meia Ponta e nos Palcos Abertos que se espalham pela cidade. Quem busca aprimoramento profissional, pode participar de aulas, debates e seminários. São diversos cursos, oficinas, workshops e palestras voltadas aos bailarinos e coreógrafos.

Os números impressionam. São cerca de 7 mil participantes diretos e um público que gira em torno de 230 mil pessoas, entre turistas e gente da cidade.

Veja o que fazer em julho na Cidade da Dança

Em julho, a paisagem da cidade colonizada por alemães, suíços e noruegueses muda em razão do vai e vem dos turistas do Brasil e do Exterior. A cidade encanta por sua localização perto do mar, por meio da Baía da Babitonga e emoldurada pelas montanhas. Fica apenas a 130 km de Curitiba, no Paraná, e a 176 km da Capital de Santa Catarina, Florianópolis.

Não deixe de visitar:

1. Pórtico de Joinville

Instalado ao lado do BR 101, o pórtico de Joinville é um dos principais cartões-postais de Joinville. Em estilo enxaimel, uma influência das culturas alemã e holandesa, o pórtico enfeita a entrada da cidade desde 1979. É um dos lugares preferidos para os bailarinos fazerem suas selfies.

2. Cervejaria Opa Bier

Estando no Pórtico, aproveite para saborear uma das cervejas mais famosas da região, bem geladinha. Sente-se numa das mesinhas ao ar livre do Opa Beer, peça uma porção de arcepipes e descanse dos passeios e da maratona de dança.

3. Rua das Palmeiras

As mudas vieram do Jardim Botânico do Rio de Janeiro e foram plantadas na Rua das Palmeiras de Joinville, um local lindo bem no Centro de Joinville. Fica em frente ao Museu Nacional de Imigração e Colonização, que está fechado para reforma. Mas vale a pena ver o jardim desta rua e tirar fotos para levar de lembrança.

4. Mirante e Zoobotânico

No Mirante de Joinville você verá uma das vistas mais lindas de 360 graus da cidade. São vários ângulos para serem observados. Não é permitido subir de carro, mas pode ir de ônibus, bicicleta ou a pé.

Antes de chegar no Mirante, visite o Zoobotânico e os seus cerca de 200 animais em cativeiro. Percorra as trilhas, descanse nos quiosques e deixe as crianças brincarem no playground.

5. Instituto Internacional Juarez Machado

A casa onde nasceu Juarez Machado, famoso artista plástico, virou museu e ao lado foi construído um pavilhão com exposições temporárias dele e de outros artistas. Um passeio cultural imperdível, que pode ser acompanhado por um saboroso café.

6. Estrada Bonita

A 25 Km do Centro, a Estrada Bonita é uma via sinuosa com pontes de madeira, vegetação exuberante, riachos, restaurantes, casas coloniais e estabelecimentos que vendem artesanato, geleias, licores e biscoitos. Vale a pena conhecer.

7. Escola do Teatro Bolshoi no Brasil

Agende-se com antecedência e conheça as dependências do Balé Bolshoi em Joinville. Você poderá ver toda a estrutura da escola por meio de painéis explicativos e figurinos de apresentações. Isso sem falar nas salas de treinamentos dos futuros bailarinos e espaços onde eles aprendem piano. Você vai adorar!

Quer tornar realidade todos estes passeios? Então, reserve agora mesmo sua estadia no Hotel Bavarium e acorde todos os dias com um delicioso café da manhã colonial à sua espera!