Você sabe por que Joinville é a cidade das flores?

A maior cidade de Santa Catarina, localizada na região norte do estado e com cerca e com cerca de 570 mil habitantes, é considerada a “cidade das flores”. Estamos falando de Joinville, que também tem outros apelidos, como “cidade da dança”, “cidade das bicicletas” e “Manchester Catarinense”, mas para quem a visita, a maior atração são as flores.

Além das flores, uma herança boa dos alemães, suíços, noruegueses e italianos que colonizaram a região, Joinville também abriga o maior polo industrial de Santa Catarina, detém o maior PIB do estado e mantém uma grande reserva de Mata Atlântica, na qual são praticados o turismo rural e de aventura. Mas, afinal, por que a cidade que fica a 120 quilômetros de Curitiba e a 180 quilômetros de Florianópolis, é chamada de “cidade das flores”?

Joinville: diversidade ambiental

A influência do povo alemão, sem dúvida, teve uma decisiva influência no zelo do joinvilense por suas flores. A diversidade ambiental devido a localização geográfica da cidade e o seu clima também contribuem. Muitas sementes foram, inclusive, trazidas da Alemanha e de outros países europeus. Um dos eventos turísticos que mais atraem pessoas de Santa Catarina e de outros estados brasileiros é a Festa das Flores de Joinville, a mais antiga do sul do Brasil. Este evento é realizado há 78 anos.

Como outras festas da região – do Pato, do Arroz, do Bandoneon, do Tiro e do Colono, a das Flores resgata o cotidiano rural e a celebração das colheitas. Ela é realizada anualmente, sempre em novembro, na Expoville (pavilhão de eventos que fica estrategicamente localizado na marginal da BR 101) e atrai milhares de visitantes, entre curiosos, amantes e cultivadores de orquídeas, arquitetos, paisagistas, produtores rurais, entre outros. Todos querem ver os mais de 4,5 mil exemplares de orquídeas, selecionados entre expositores nacionais e internacionais.

Festa das Flores é patrimônio histórico de Joinville

Além da exposição de plantas ornamentais e flores, a Festa das Flores também promove workshops sobre cultivo de plantas, mercado de flores, de outras plantas e de artesanatos, mostra de paisagismo, jornada técnica e apresentações artísticas, folclóricas e musicais. Para se ter uma ideia da importância deste evento, ele é reconhecido como Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural do Estado de Santa Catarina, através da Lei Estadual 14.697, de 21 de maio de 2009.

Ainda, cumprindo seu papel de levar o título de cidade das flores, Joinville abriga um Concurso de Jardins – evento que faz parte da Festa das Flores – e torna as casas, empresas, escolas e espaços públicos da cidade ainda mais floridos, bonitos e coloridos. O concurso elege os mais belos jardins nas categorias: Residencial Urbano, Residencial Rural, Escolar (Urbano e Rural), Empresarial e Parceria Verde.

Mas, não é somente na época da Festa que a cidade exibe suas flores multicoloridas. Elas estão durante o ano todo nas principais praças, árvores das calçadas, jardins e demais espaços ao ar livre. Esta paisagem combina com as áreas rurais, nas quais as pequenas propriedades oferecem diversos produtos coloniais preparados seguindo as deliciosas receitas trazidas da Europa. São geleias, pães, cucas, tortas, biscoitos, caldo de cana, pinga, etc.

Hotel com preço bom em Joinville

Para poder admirar as flores da cidade, visitar demais pontos turísticos, vivenciar o dia a dia do mundo dos negócios e ainda ficar no meio do caminho entre os shoppings da cidade, o ideal é se hospedar num hotel com preço bom em Joinville, com boa localização, café da manhã caprichado e conforto. Nossa dica de hoje vai paro o Hotel Bavarium. Consulte a tabela de preços, agende sua viagem e faça suas reservas.

Para aproveitar bem sua estadia em Joinville, tire um dia para experimentar um delicioso café colonial, uma tradição da cidade tão reconhecida quanto o seu amor pelas flores!